Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018

A combinação entre know-how comprovado e novas ideias: O novo modelo de sensor inteligente da Frauscher explora o conceito da Internet das Coisas (IoT) e outras tecnologias. Assim, ele se torna um dispositivo móvel no trilho.

Como tal, o sensor combina diversas inovações. A avaliação do sinal acontece dentro da unidade no trilho. Sensores integrados adicionalmente coletam informações complementares que permitem a implementação de aplicações ferroviárias altamente eficientes. O resultado digital e um sistema de barramento especificamente desenvolvido (que pode ser operado em uma arquitetura de anel) permitem uma redução significativa de cabos. Dessa forma, a Frauscher estabelece a referência na detecção de vias livres mais uma vez.

SENSiT on track

Como um dispositivo inteligente, o novo sensor da Frauscher combina diversas funcionalidades e avalia o sinal diretamente no trilho.

Sensores ao lado da via devem estar preparados para o futuro

Hannes Kalteis, Gerente de produção da Frauscher, está envolvido no desenvolvimento do novo sensor desde o início. A partir de seu ponto de vista, essa preparação é o passo mais lógico em direção ao futuro: "Isso agora faz parte do nosso dia a dia: mais e mais objetos começam a se comunicar por meio da Internet das Coisas. Desde relógios inteligentes até geladeiras pedindo produtos automaticamente. Os caminhos ficam mais curtos ao mesmo tempo que a eficiência aumenta. A indústria ferroviária atual também está mais aberta a essas ideias, o que pode ser observado em diversos setores. Em muitos casos, o foco está no fluxo de informações aos passageiros. Mas também há muitas novas possibilidades em relação a infraestrutura e gerenciamento de tráfego. Nós só precisamos utilizá-las. Assim, equipar produtos existentes, como sensores de roda indutivos com novas habilidades, com certeza é um passo importante a tomar."

Development of the new sensor

Hannes Kalteis (à direita) está envolvido no desenvolvimento do novo sensor desde o início.

Dados, dados, dados!

Análise de big data, aprendizagem profunda, inteligência artificial: essas são umas das primeiras coisas que vêm à mente ao falar sobre digitalização. Entretanto, essas tecnologias dependem de um requisito básico para suportar novas soluções: dados confiáveis. Eles são a fonte de informações valiosas para gerenciamento de tráfego, monitoramento de infraestrutura, aplicações de segurança, entre outros. Sensores de roda indutivos e contadores de eixos são de última geração em relação à geração confiável de tais dados. "Isso enfatiza a necessidade de desenvolver os componentes já existentes ainda mais. Para conseguirem acompanhar os requisitos mais recentes, eles precisam acompanhar o passar do tempo", diz Kalteis.

Desenvolvendo uma nova geração

Dito e feito: a Frauscher analisou os recursos de seus sensores já existentes e encarou novas possibilidades para eles. Em um processo de design thinking holístico, um novo modelo foi criado que não somente gera dados quando eles surgem, diretamente no trilho, mas que também realiza a tarefa de avaliação e fornece os resultados por meio de interfaces digitais e redes modernas em tempo real. Sensores integrados adicionalmente agregam informações sobre temperatura e aceleração. Considerando o contexto do know-how comprovado, tudo isso está acontecendo com o máximo de confiabilidade e precisão, até mesmo sob as condições climáticas, mecânicas e eletromagnéticas mais diversas.

Defining requirements by an interdisciplinary team

Os requisitos da nova geração de sensores foram definidos por uma equipe interdisciplinar.

Mais dados, menos esforço

Gerar mais dados não é o suficiente, como Hannes Kalteis já sabe: "Ao mesmo tempo que operadores ferroviários tem que lidar com o aumento nos requisitos, eles também precisam estar atentos ao máximo de eficiência econômica. Obviamente, novos sensores que criam diversas informações ao mesmo tempo oferecem suporte a isso. Entretanto, é possível economizar mais ainda, como em relação aos cabos." A conexão dos novos sensores Frauscher acontece por meio de um sistema de barramento especificamente desenvolvido, mas também pode ser operada em uma arquitetura de anel, ao contrário de um cabeamento em estrela, no qual cada sensor está conectado ao equipamento interno por meio de um único cabo, permitindo reduções significativas de material e tempo de instalação necessários.

More data, less effort

Arquiteturas em estrela precisam de um cabo separado para cada sensor. Sistemas de barramento permitem que os cabos sejam configurados em um anel. Isso reduz significativamente o comprimento necessário para o cabo.

Experiencie o futuro

"Não apresentaremos apenas um novo sensor na InnoTrans 2018, mas sim uma perspectiva sobre conceitos e soluções futuras, assim como uma seção transversal do que já é possível atualmente. Isso se encaixa perfeitamente no nosso lema 'Track more with less'", resume Martin Rosenberger, CTO da Frauscher Sensor Technology.

Visite-nos na InnoTrans 2018 para aprender mais sobre a próxima geração de detecção de vias livres. A Frauscher pode ser encontrada no hall 25, estande 232. Marque uma reunião hoje mesmo para conversar sobre os benefícios do novo sensor da Frauscher:

-       Resultado digital

-       Recursos de rede abrangentes

-       Mais informações

-       Menos componentes

Teremos prazer em recebê-lo.

Christian Pucher

Christian Pucher

30.08.2018

Tecnologias | Aplicações

1040 palavras

Tempo de leitura: 7 minutos

Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018 Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018 Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018 Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018

Artigos relacionados

Discover intelligent sensors

Mercados

Discover intelligent sensors

Irene Schneebauer | 20.08.2018 | 562 palavras | Tempo de leitura: 4 minutos

A Frauscher irá participar da InnoTrans deste ano em Berlim com o lema “Discover intelligent sensors – Innovations to simplify railway operations”. O lema deste ano reflete os desenvolvimentos atuais de nossa empresa, assim como as tendências mais recentes no setor ferroviário para soluções inovadoras de sensores, que geram dados confiáveis sobre os trilhos. Como resultado, a Frauscher simplifica como os integradores de sistemas e os operadores de ferrovias obtêm as informações necessárias para administrar, monitorar e proteger sua rede operacional.

Leia mais
"Rigorosamente conforme o protocolo"

Aplicações

"Rigorosamente conforme o protocolo"

Fabian Schwarz | 28.06.2017 | 1259 palavras | Tempo de leitura: 9 minutos

As aplicações ferroviárias estão cada vez mais complexas. A entrevistada Melanie Kleinpötzl, Frauscher Product Management, explica como eficientes protocolos de software garantem a perfeita comunicação necessária entre os sistemas.

Leia mais
Contagem de eixos do futuro

Tecnologias | Mercados

Contagem de eixos do futuro

Elaine Baker | 07.02.2018 | 1663 palavras | Tempo de leitura: 12 minutos

Detecção de rodas e contagem de eixos são tecnologias atuais hoje no que diz respeito à detecção confiável de trens. Elaine Baker, Managing Director Frauscher UK, apresenta alguns exemplos que mostram que isso ainda permanecerá assim por muito tempo – inclusive tendo em vista as novas possibilidades que a digitalização tem trazido ao setor ferroviário.

Leia mais