Três anos de Frauscher EUA: um olhar no passado – e no futuro

A Frauscher esteve presente ativamente na América do Norte nos últimos três anos. Vivek Caroli, Diretor Executivo da Frauscher Sensor Technology USA Inc. faz uma análise do passado – e futuro.

A Frauscher está presente nos EUA desde 2015 – seu escritório fica em Princeton, NJ. Uma equipe de dez especialistas trabalha intensamente para fornecer soluções inovadoras ao mercado ferroviário norte-americano. Em uma entrevista à redação da Frauscher, Vivek Caroli, Diretor Executivo Frauscher Sensor Technology USA Inc., faz uma retrospectiva dos três últimos anos.

Vivek Caroli, Managing Director Frauscher USA

Vivek Caroli, Diretor Executivo Frauscher Sensor Technology USA Inc.

Três anos de Frauscher USA – quais foram os destaques?

Foram alguns, claro. Todo o desenvolvimento da nossa unidade em si já foi impressionante. Em pouquíssimo tempo, conseguimos um ótimo posicionamento no mercado. Nossos produtos chamaram muita atenção em todo o mercado ferroviário norte-americano e, constantemente, nós recebemos um feedback muito positivo. Não era óbvio que isso aconteceria. Pois, quando começamos aqui, sensores de roda e contadores de eixo não eram necessariamente prioridades para operadores e integradores de sistema americanos. Nós dedicamos algum tempo para analisar as causas disso detalhadamente. Queríamos saber quais eram exatamente as necessidades dos nossos clientes, respondemos às perguntas que eles tinham e lhes demos a possibilidade de testar os nossos produtos. Dessa forma, conseguimos mostrar as significativas vantagens das nossas soluções a diversos especialistas de todo o setor. Logo surgiram então bem-sucedidas instalações. Por exemplo, grandes projetos em Houston, Baltimore, ou um sistema no Whittier Tunnel, no Alasca.

Frauscher engineering team, Baltimore

Equipe de engenheiros da Frauscher em Baltimore

Na sua opinião, quais foram os principais fatores desse sucesso?

A inauguração de uma unidade nos EUA foi essencial no âmbito de uma intensa estratégia de crescimento global. Há mais de uma década, a Frauscher persegue o objetivo de estar diretamente presente em diversos mercados e compreender as necessidades dos clientes. Os funcionários da Frauscher USA conhecem muito bem a indústria ferroviária norte-americana.  Isso também foi, com certeza, um fator bastante decisivo para o sucesso da nossa entrada no mercado – especialmente porque o setor ferroviário daqui tem exigências muito específicas em comparação com o mercado global. Pouco tempo depois da inauguração, já tivemos as primeiras oportunidades para demonstrar os nossos produtos. Assim, rapidamente conhecemos melhor as necessidades dos nossos clientes. Graças à flexibilidade dos nossos componentes, rapidamente pudemos lhes oferecer soluções personalizadas. Então os nossos sistemas passaram a ser implementados em aplicações ao vivo com uma frequência cada vez maior. Essas bem-sucedidas instalações acabaram demonstrando as vantagens dos nossos produtos. Ao mesmo tempo, conseguimos colocar à prova o serviço individualizado que oferecemos aos nossos clientes. O fato de dispormos de um depósito próprio em Nova Jérsei também teve um efeito positivo nos tempos de entrega e implementação.

Frauscher USA, Princeton, NJ

O escritório da Frauscher USA fica em Princeton, NJ

Você fala de todo o setor ferroviário norte-americano. Existem outras unidades no continente, fora dos EUA?

Há um colega austríaco representando a Frauscher em Toronto desde meados de 2018. Ele está em estreito contato com diversos operadores e integradores de sistema em todo o Canadá. Essa presença local nos permite fornecer as nossas soluções nesse enorme mercado também. Dessa forma, também colocamos em prática no Canadá o nosso princípio de permanecer sempre em estreito contato com clientes e parceiros.

Qual será a estratégia da Frauscher na América do Norte daqui para frente?

Um dos nossos principais objetivos é continuar conhecendo e compreendendo melhor os nossos clientes e as suas necessidades. Assim nós podemos trabalhar em soluções de forma eficaz e dirigida a problemas específicos. Também obtemos o respectivo know-how de outras localidades da Frauscher – através de colegas do Reino Unido, por exemplo, que estão trabalhando no nosso escritório em Princeton. Contamos também com o apoio de pessoal da Áustria, onde está situada a nossa maior unidade. Uma vasta experiência e uma perspectiva global irão contribuir para que a equipe da Frauscher USA possa compreender melhor as necessidades específicas dos clientes e atendê-las com soluções individualizadas. Sugestões para adaptações e complementações específicas para o mercado norte-americano serão discutidas diretamente com a gestão de produtos da Frauscher.

Então serão desenvolvidos produtos especialmente para o mercado norte-americano?

Em alguns casos, eles serão pelo menos adaptados às exigências do mercado. Os sensores de roda da Frauscher são tão confiáveis e robustos que permanecem altamente disponíveis em praticamente qualquer lugar e mesmo sob as mais adversas condições e influências climáticas. O sistema eletrônico destinado à detecção de rodas e contagem de eixos possui uma estrutura modular. Dependendo da aplicação e das exigências, diferentes soluções podem ser desenvolvidas. Também podem surgir novos produtos eventualmente.

Pode dar um exemplo?

O sensor de roda RSR110, por exemplo, foi desenvolvido especialmente para o mercado norte-americano. As primeiras aplicações em que esse sensor foi utilizado ocorreram no entorno de declives. Exigências específicas e especificações próprias foram consideradas no seu desenvolvimento. Hoje o RSR110 faz parte do portfólio da Frauscher e é utilizado em diversos sistemas mundo afora. Com a sua interface aberta, ele permite uma avaliação completamente individualizada do sinal do sensor. Essa avaliação fica totalmente a cargo do integrador de sistema ou operador. Dependendo da aplicação e das exigências do projeto, essa solução pode ser facilmente integrada a sistemas já existentes. Para eventualmente auxiliarmos os clientes na digitalização do sinal, oferecemos um Wheel Signal Converter WSC próprio.

Wheel sensor RSR110

Dica: Leia mais aqui sobre o RSR110 e suas possíveis aplicações.

Já existem planos de outros produtos específicos para esse mercado?

O novo sistema SENSiS da Frauscher foi apresentado na InnoTrans 2018 em Berlim. Esse sistema contém um novo sensor, o SENSiS Detection Point SDP, que funciona na via como um aparelho inteligente. Ele detecta trens de modo confiável e também coleta dados sobre acelerações ou vibrações e temperatura. Além disso, o SDP avalia os sinais diretamente na via e os disponibiliza através de uma interface digital. Os dados são transmitidos à SENSiS Processing Unit SPU por meio de um sistema de barramento especialmente desenvolvido. Essa unidade constitui um centro de dados nos equipamentos internos, que transmite dados de contagem de eixos e outras informações a sistemas superiores. O SENSiS tem um potencial enorme para os mercados ferroviários globais – inclusive para os mercados na América do Norte. Primeiros testes no entorno de declives e estações de manobra já estão em planejamento.

Dica: Como funciona o novo sistema SENSiS e todos os detalhes do SENSiS Detection Point podem ser conferidos aqui.

O ano de 2018 é passado – o que vem agora pela frente?

Continuaremos aproveitando as diferentes oportunidades para conversarmos com clientes antigos e novos. Esse também é um dos motivos pelos quais a Frauscher marcou uma forte presença na InnoTrans 2018. Em 2019, diversas feiras e conferências também irão proporcionar novamente tais oportunidades. Estamos trabalhando em uma série de projetos novos, e nossa equipe crescerá mais. Além disso, iremos expandir mais os nossos treinamentos na América do Norte, de modo que nossos clientes possam ser treinados em seus próprios sistemas. Resumindo, temos muitos planos para o futuro – e estamos ansiosos para colocá-los na prática!

Video Thumbnail Vivek Caroli on InnoTrans 2018

Vivek Caroli fala sobre a InnoTrans 2018 e sobre o valor de um constante diálogo para uma estreita parceria.

Laura Falcon

Laura Falcon

03.01.2019

Aplicações | Mercados

1520 palavras

Tempo de leitura: 11 minutos

Três anos de Frauscher EUA: um olhar no passado – e no futuro Três anos de Frauscher EUA: um olhar no passado – e no futuro Três anos de Frauscher EUA: um olhar no passado – e no futuro Três anos de Frauscher EUA: um olhar no passado – e no futuro Três anos de Frauscher EUA: um olhar no passado – e no futuro

Artigos relacionados

Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018

Tecnologias | Aplicações

Frauscher apresenta sensores inteligentes na InnoTrans 2018

Christian Pucher | 30.08.2018 | 1040 palavras | Tempo de leitura: 7 minutos

A combinação entre know-how comprovado e novas ideias: O novo modelo de sensor inteligente da Frauscher explora o conceito da Internet das Coisas (IoT) e outras tecnologias. Assim, ele se torna um dispositivo móvel no trilho.

Leia mais
Um por todos

Aplicações

Um por todos

Hannes Kalteis | 27.02.2018 | 1638 palavras | Tempo de leitura: 11 minutos

Sensores de roda indutivos são confiáveis, robustos e flexíveis. Essas características os tornam a base ideal para aplicações conhecidas e inovadoras no setor ferroviário. Hannes Kalteis, Gestão de Produtos Frauscher, apresenta alguns exemplos.

Leia mais
Detecção de trens em Houston

Mercados

Detecção de trens em Houston

Andrew McCarthy | 24.06.2017 | 1091 palavras | Tempo de leitura: 8 minutos

Para o 51º Super Bowl, com 700.000 visitantes, o Houston METRO passou por uma revigoração. Um novo contador de eixos melhorou ainda mais a eficiência, confiabilidade e segurança da rede.

Leia mais